Alcançar coisas para ser feliz, ou ser feliz para alcançar coisas?

Você foi condicionado sei lá por quem, de que você precisa buscar a felicidade, ser feliz. Você cresceu vendo os seus pais trabalhando e dando duro, como se eles tivessem sempre esperando alguma coisa acontecer.

E nós também somos assim, na escola contávamos as horas pra aula termina, contávamos os dias pra chegar as férias, na faculdade a mesma coisa, no trabalho também.

Na escola, que diga-se de passagem, é algo que só te ensina a decorar as coisas, você estudava pra poder entrar pra uma faculdade. Você imaginava que a faculdade seria igual o American pie, mas não. O seu nível de tédio aumentou, o nível de esforço aumentou.

Mas com o seu diploma você vai conseguir um trabalho bom. Beleza, conseguiu la seu trabalho bom, mas ele não é tão bom assim, ele só te faz ganhar bem.

10, 15 anos se passaram, e você tem a falsa sensação de que está cada vez mais perto da felicidade.

Essa felicidade como objetivo não existe. E por isso você fica confuso, por que tem dentro de você uma motivação de buscar essa felicidade, mas você não encontra, ela não existe e isso gera uma confusão.

E essa confusão te faz idealizar felicidade em objetivos, coisas, pessoas. Como se quando você tiver mulheres, ou uma mulher, vai ter felicidade. Pode sim ter momentos felizes, mas junto com eles vem os momentos tristes. Tudo tem um lado bom e um lado ruim.

Observa o mundo como está hoje, olha esse caos. Existem empresas produzindo bombas atômicas, e qual a motivação deles? O dinheiro, claro.

Por que cada bomba atômica custa 5 milhões, e pode tirar 5 milhões de vidas. Seguindo a lógica uma vida vale 1 real ?

É como se com o dinheiro as pessoas tivesse condições de comprar a felicidade. É caro que deve ser legal andar de jetsky – eu nunca andei de jetsky, sou de família pobre.

Mas uma coisa você precisa entender é que você está absolutamente iludido. A ‘felicidade objetivo’ que você busca não existe.

Existe uma felicidade diferente, é como se fosse uma gratidão pelo simples fato de estar vivo. E isso não se consegue, nem com dinheiro, nem com objetivos, nem em outras pessoas. Por que essa felicidade já está em você, só que você não enxerga.

Unindo agora corpo, mente e espirito, você tem a capacidade de atribuir essa felicidade interna a qualquer coisa seja ela um jetsky, ou uma bicicleta. É você quem direciona esse sentimento para coisas, pessoas, ou até mesmo pra nada.

É uma questão de gratidão pela sua vida. Essa negócio de alcançar coisas pra ser feliz, é uma ilusão. Porém, essa vontade latente de estar sempre correndo atrás de algo é um mecanismo, que existe no nosso intelecto por algum motivo. E creio eu que o motivo seja pra que a humanidade evolua.

Agora se tu distorcer o pensamento um pouco e ser feliz pra alcançar coisas, tudo muda. Se você está feliz consigo mesmo, e se sente completo mesmo sem ter nada material, aí tudo começa a acontecer. De brinde vem o amor próprio a autoestima e a confiança. E depois vem o sentimento de capacidade pra fazer qualquer coisa e aí as coisas acontecem.

Mas tem um detalhe, as coisas acontecem por que elas tem que acontecer, e não pra que você se sinta poderoso, ou pra que o teu ego cresça. É uma questão de entendimento, medite um pouco sobre isso.

Você já é completo.

Sobre o autor

Copini

Sou o responsável pela Alphalife, nos últimos tempos me dediquei a ajudar os homens a conquistar as mulheres e melhorarem seus relacionamentos.

comentários

Alphalife - Matheus Copini - Todos os direitos reservados 2017