O que aprendi com Darth Vader

No meu último vídeo eu falei sobre coisas que eu aprendi com Star Wars, e falei que Star Wars é levemente baseado no budismo e no taoísmo. Se você não viu o vídeo, assiste o vídeo antes desse. No Stars Wars tem esse negócio da força, que é como se fosse um princípio vital, mas também tem o lado negro da força, assim como existe o yin yang.

Por um lado Eu acredito que todos tem o bem e o mal dentro de si. Pelo outro eu acredito que bem e mal são relativos. É o caso do personagem Anakin. A história toda começa quando ele era criança, quando ele é adotado por um jedi, que treina ele e transforma ele em um jedi também.

Mas ele se apaixona por uma mulher e casa com ela. Só que essa mulher fica doente e vai morrer, e chega alguém e diz pra ele que ele pode salvar a mulher dele caso ele tivesse mais poder.  Mas pra ter mais poder ele teria que passar pro lado negro da força. E pra salvar a própria mulher ele aceita a proposta, mas passando pro lado negro da força ele se torna uma pessoa com maldade no coração. Anakin se torna Darth Vader e passa a usar o lado negro da força.

E qual a moral disso tudo em um canal de desenvolvimento pessoal?

A moral é a dualidade. É aceitar a própria sombra.

Por exemplo, uma pessoa pode estar fazendo o bem, mas ela pode estar fazendo esse bem por que busca admiração, ou por que tem um grande peso na consciência por ter feito o mal no passado, e agora quer se redimir. Assim como alguma pessoa pode fazer o mal motivado por algo que ela julga ser bom. É o caso do Darth vader.

É claro que existem pessoas que fazem o bem sem pretensão nenhuma e outras que fazem o mal por que são ruins. Mas nem tudo é preto no branco.

Você que acompanha canais no YouTube sobre espiritualidade, quem sabe até é ativo em alguma religião, e busca ser uma pessoa de luz e amor, você ta mentindo pra si mesmo. Por que você tem um pouco de ódio dentro si, mas você não aceita isso. Você finge que ele não existe você reprime ele. E você acha que é uma pessoa que emana luz amor e bondade pra todos os seres vivos.

Foi colocado na sua cabeça que o ódio a raiva e todos os sentimentos tidos como negativos são errados. Mas se um sentimento existe, ele deve ter uma finalidade.  Amor e ódio existem, luz e sombra existem, bem e mal existem. Não negligencie essa dualidade. Não finja que o ódio não existe.

Você foi ensinado que o amor move montanhas, o move mesmo, tudo que fizer com amor tende a dar certo. Uma coisa quando não tem amor, é vazia.  Mas nem tudo na vida é fazer coisas, construir coisas, as vezes é preciso desfazer ou destruir e aí entra o ódio.  Essa é uma das finalidades do ódio.

O amor move montanhas, mas o ódio quebra barreiras, arrebenta correntes.

Não se consegue arrebenta uma corrente com amor. Assim como não se consegue mover montanhas com o ódio. Cada um tem sua finalidade.

Anakin era um jedi, uma pessoa boa, que lutava pelo certo, que seguia, na medida do possível o código jedi. Mas Anakin tinha ambição, queria ser mais forte, e devido a vários ressentimentos e tragédias que aconteceram na vida ele, ele tinha um pouquinho de ódio dentro de si. O que tornava ele suscetível ao lado negro. E unindo o útil ao agradável, Anakin se transforma em Darth Vader, assim ele fica mais forte, o ódio torna ele mais forte.

Mas não me entenda mal, não estou dizendo que você precisa optar pelo lado negro e ser uma pessoa cheia de ódio. Estou dizendo que certas coisas que acontecem na nossa vida, nos causam ódio, mas mentimos pra nos mesmos de que esse ódio não existe. E se a gente faz isso ele fica la dentro de nós como um tumor crescendo, crescendo até se transformar num câncer.  Mas se você usa esse ódio pra alguma coisa, ele se torna um combustível. E combustível queima, acaba e vai embora.

O ódio pode muito facilmente ser transformado em determinação. Tudo que você fizer com paixão tende a ter mais resultado. Essa paixão pode ser positiva ou negativa. Não vai achando que paixão é somente aquela coisa bonitinha dos filmes, se existe uma paixão dessas, existe algo equivalente no negativo, sempre vai ser assim.

Você já viu a expressão sangue no olho? Essa expressão traduz exatamente o significado de pegar o ódio e transformar em determinação. Tudo depende de como você usa esse lado negro.

Lado negro é uma coisa que vai te deixar mais forte, a proposta é tentadora. Só que isso vai te destruir com muita facilidade também assim como Darth Vader foi destruído. Inicialmente Darth Vader queria ter mais poder pra poder salvar a vida da esposa. Mas a esposa dele morreu mesmo assim, o que gerou ódio dele. E sim, ele conseguiu mais poder, ele viu que passar pro lado negro deu mais forças pra ele.  Então a ambição segou ele, e ele queria cada vez mais e mais poder, a única coisa que ele queria era poder, até ele ser destruído.

No caso da vida real, tudo depende de como você utiliza isso. Você pode usar isso como motivação, determinação, mas tem um ponto de equilíbrio, quando passa do ponto de equilíbrio se torna ambição e maldade.

Outra coisa que ta bem presente no Star Wars é a lei dos opostos, a dualidade. E isso na vida é a maior verdade.

Supondo que você tenha um relacionamento, e você vive de amor, seu relacionamento é tudo lindo, você e sua namorada nunca brigam, está sempre tudo as mil maravilhas, então significa que algo está muito errado.  Por que se esses relacionamento só te traz coisas boas, algo está errado. Possivelmente ele vai terminar.

Sempre as coisas trazem pontos positivos e negativos. Quando um relacionamento é no estilo conto de fadas, o ponto negativo provavelmente vai ser o termino.  Então chega o término, ela termina contigo. E aí você fica em uma depressão, por que perdeu o centro da sua vida. A sua mulher era o sol e você a terra, você orbitava ao redor dela, tinha uma vida que girava em torno dela. E sem sol você fica totalmente perdido, e cai em depressão.

E em meio a tantos sentimentos ruins, tristeza, desanimo, perda do sentido da vida, existe uma cosia que vai te manter motivado, o ódio.

Mas veja bem, o ódio vai te manter motivado a se reerguer a se recompor, ele vai ser um combustível que vai ser usado pra você tornar um novo homem. Se tornando um novo homem o ódio acaba, o combustível foi gasto.

Mas se tu usar o ódio pra fazer mal pra ex-namorada, possivelmente uma vingança nesse caso o ódio te dominou. Você virou um escravo do lado negro.

É isso que eu aprendi com Darh Vader.  Não necessariamente aquilo que ele é, mas aquilo que ele fez de errado e o que levou ele a fazer o que fez. Esse vídeo é uma analogia, uma comparação. E é o que eu acredito em relação a amor e ódio um não existe sem o outro. É uma hipocrisia você ser uma pessoa de puro amor, isso é mentir pra si mesmo. Mas também acho que você nunca deva usar o seu lado obscuro pra fazer mal pros outros.

Lembra sempre dessa frase
“o amor move montanhas mas o ódio quebra correntes”

Sobre o autor

Copini

Sou o responsável pela Alphalife, nos últimos tempos me dediquei a ajudar os homens a conquistar as mulheres e melhorarem seus relacionamentos.

comentários

Alphalife - Matheus Copini - Todos os direitos reservados 2017