O que aprendi com Don Juan de Marco

Você sabe que esse canal é um canal que começou falando sobre sedução e eu acho que apenas 10% do meu público entendeu de fato o que é a sedução. E eu vou explicar nesse vídeo.

Toda vez que se fala aqui de sedução, diretamente ou indiretamente, significa que você sai do ponto A e vai pro ponto B. O ponto A é o seu condicionamento atual e o ponto B é a condição de amante natural. Mas com tanto lixo na internet é comum as pessoas se perderem no caminho.

Amante natural é o ápice, é a condição de uma pessoa que prática a arte da sedução.  E existe apenas um personagem que ilustra o que é ser amante natural: Don Juan, do filme Don Juan de Marco. Don Juan de Marco é um dos meus filmes preferidos, eu gosto da história, gosto do personagem e gosto da trilha sonora.

E ele nos deixa vários ensinamentos nas entrelinhas. Logo de início percebemos que o Don Juan, apesar de maluco é um sedutor a nível de alma. E isso significa que o ato da sedução ali é muito mais importante do que o resultado final, o sexo.  E que quando ele está lá seduzindo a mulher, o importante é as emoções e as sensações que ele está proporcionando pra ela. Ele está dando muito mais do que está recebendo, enquanto está se passando mil coisas pela cabeça da mulher.

Don Juan era um homem, talvez mitológico, talvez real, talvez um personagem, de qualquer forma ele era um homem que dava amor pras mulheres. Tendo em vista que o amor era um negocio tao escasso. O marido,o namorado, o cara famoso, o cara rico, nenhum deles era capaz de dar esse amor pras mulheres. Por que eles simplesmente não entenderam o real significado dessa palavra, e como ela se aplica na sedução e nos relacionamentos.

Eu assisti o filme do Don Juan e eu gostei, e eu queria ser aquele cara, eu queria ser como ele. Depois de muitos anos eu assisti de novo esse filme, e fui relacionando com todo o conhecimento que eu adquiri ao longo da vida. E aí eu entendi o que é o amor, o que é a sedução e aí se criou o amante natural. Foi quando eu resolvi criar esse canal no youtube.

Eu fiz um vídeo esses dias falando sobre do que realmente nos somos, e eu disse que nos somos 3 em 1, que estamos em 3 dimensões. Corpo mente e alma. Nível físico, nível intelectual e nível e espiritual. Em outras palavras INSTINTO, INTELECTO E INTUIÇÃO.

E o que eu aprendi com o Don Juan de Marco é que essa tríade não está somente em quem nos somos, mas também na sedução e no amor que é uma das palavras mais vagas do universo.

Eu posso arriscar e dizer que existe um amor de instinto, que é a paixão carnal. Eu posso dizer que existe um amor de intelecto, quando uma pessoa decide que ela gosta de um determinado tipo de pessoa ou até mesmo um amor de ego, um apego.

Posso dizer também que existe um amor de alma. Algo mais profundo, duas pessoas que trocam energias a nível de alma, que querem cuidar um do outro, que querem o bem um do outro.

Na sedução também existe a tríade

Qualquer conjunto de ensinamentos sobre sedução, inclusive os meus, vai te dizer que pra uma sedução acontecer precisa da atração sexual, do interesse consciente, e da conexão emocional. Ou seja, instinto, intelecto e intuição. A sedução aconteceu nos 3 níveis do ser.

Por que o Don Juan era tão conquistador assim? Ele tinha uma beleza incomum, uma lábia ou o que será que ele tinha?

Ele não tinha nada de mais. O que ele fazia era se conectar com as mulheres nos 3 níveis do ser. E hoje em dia ninguém faz isso, por que as pessoas querem o resultado final o mais rápido possível. Elas querem negligenciar o processo de sedução e encantamento.

Raramente alguém consegue se conectar a um nível tão profundo com as mulheres, em um nível de alma. E erá isso que o Don Juan fazia.

E como ele fazia?

Ele simplesmente entendeu a tríade do amor. Que o amor existe em vários níveis e que se manifesta de várias formas. E esse vídeo inteiro se resume na frase mais impactante do filme:

“Há apenas quatro questões na vida. O que é sagrado? De que é feita a alma? O que vale a pena ser vivido e qual é o motivo pelo qual vale a pena morrer? A resposta é a mesma para todas: apenas o amor.”

Como se nós fossemos feitos disso, e isso fosse uma energia vital pra nós.

Eu poderia encerrar o vídeo por aqui, mas eu tenho mas uma coisa pra te falar sobre o Don Juan.

Num dos livros do Osho, ele citou o Don Juan, mas não dos livros e do filme e sim umDon Juan real que existiu em sei la que época. E ele falou que ele foi um cara muito sábio, e essa sabedoria sobre a vida, sobre as pessoas, sobre a alma foi o que fez ele conquistar tantas mulheres. Ele não tinha nada de especial além da sabedoria e isso fez com que ele tivesse fora da matrix da sua época.

Quando esse Don Juan ficou velho ele se tornou um grande sábio e ele ensinava as pessoas, não a seduzir, mas ensinava sobre a vida como eu te ensino agora. E uma das histórias citadas no livro do Osho é que ele levou um discípulo no meio de uma floresta de noite, totalmente escura.

E ele (Don Juan) disse: “agora feche os olhos e corra”

Então o discípulo disse: “vai ter pedras no caminho, vai ter galhos, vai ter buracos eu vou me machucar”

Nesse momento o Don Juan falou pra que ele confiasse no seu instinto selvagem e na intuição da alma. E saiu correndo e se desviando dos obstáculos mesmo sem enxergar nada.

Não sei se essa história é real ou não, mas a moral dela é que ser somente racional é estar totalmente limitado. E obviamente isso vale pra sedução também, usar o instinto e a intuição. O grande erro que as pessoas cometem é usar somente a lógica, a sedução não é logica, não se pode medir uma paixão com números.

Enfim, Don Juan de verdade era um grande sábio, seduziu varias mulheres por ser sábio, e se tornou sábio por ter seduzido várias mulheres. E eu acredito que nem Don Juan tinha uma vida que girava em torno de mulher.

 

privacy Suas informações estão 100% livres de SPAM.

Sobre o autor

Copini

Sou o responsável pela Alphalife, nos últimos tempos me dediquei a ajudar os homens a conquistar as mulheres e melhorarem seus relacionamentos.

comentários

Alphalife - Matheus Copini - Todos os direitos reservados 2017