Por que mulheres gostam de cafajestes

50% dos homens acham que precisa ter dinheiro, status e beleza pra ter sucesso com as mulheres. Os outros 50% acham que precisa ser cafajeste.

Esses caras tem o cafajeste como uma referência de homem que faz sucesso com as mulheres, então eles tentam ser esses caras. E nunca dá certo por que ser uma coisa que você não é, não te traz bons resultados.

Se cafajeste faz mesmo sucesso com as mulheres, não tem como dizer, não tem como generalizar, por que são uma série de fatores acontecendo ao mesmo. Mas não se trata do cafajeste fazer ou não sucesso com mulheres, se trata você achar que ele faz sucesso e ter isso como um meio de conseguir mulheres. E você está equivocado.

Veja bem:

Joãozinho é um homem comum, um escravoceta, bonzinho, bajulador e ele só se dá mal. Joãozinho tem um amigo chamado Fulaninho, Fulaninho tem uma boa aparência, um bom porte físico, se comunica bem, tem muitos amigos. Uma série de fatores fizeram o Fulaninho se tornar alguém popular e tudo isso aconteceu sem que o Fulaninho precisasse fazer algum esforço.

Junto com essa popularidade vieram também várias meninas interessadas no Fulaninho. E como o Fulaninho é homem, ele aproveitou essas chances. E cada vez mais o Fulaninho era visto como um cara que tinha várias meninas atrás dele, e era um ciclo, quanto mais ele tinha mais mulheres apareciam.

Dessa forma, Fulaninho se torna um cafajeste.

Joãozinho observa aquilo e pensa “por que as mulheres gostam de cafajestes?” “eu acho que eu tenho que ser cafajeste pra ter mulheres”.  Mas o Joãozinho não percebe os fatores que realmente fizeram o fulaninho atrair essas mulheres. O comportamento cafajeste é como se fosse uma consequência disso tudo.

Pra eu te explicar por que os cafajestes atraem mulheres eu preciso que você entenda uma coisa…

Existem homens que são desapegados, que agem de uma determinada maneira e atraem mulheres. Esses homens, as mulheres chamam de cafajestes, mas esses homens não se rotulam. E elas chamam eles de cafajestes por que elas não conseguem dominar esses caras.

Por outro lado, existem outros homens que se rotulam como cafajestes, que se rotulam como desapegados, como comedores, é como se vestissem uma camisa escrito ‘sou cafajeste’. Mas esses caras apenas sofreram uma decepção amorosa.

Quando o homem tem oportunidades de ter mulheres, encontros, sexo, ele vê as mulheres totalmente diferente do como um homem bonzinho vê.

Esse bonzinho não tem oportunidades de mulheres, mulher pra ele é algo inalcançável, intocável, sagrado. Ele mesmo colocou elas num pedestal e por isso elas são inacessíveis pra ele. E eventualmente quando um cara desses consegue algo com alguma mulher, ele só faz merda, por que ele tem medo de expressar a masculinidade dele, ele tem medo de expressar a malícia e de colocar a mulher sobre seu domínio.

Resumindo, um comportamento todo baseado em insegurança. Homens assim não se julgam merecedores de mulheres.

Já o oposto, sentem do fundo do seu coração de que são merecedores. E quando esses caras estão com uma mulher, eles conseguem o que querem pelo fato de não ter medo de expressar a masculinidade.

Todo esse vídeo e esse contexto de cafajeste pode ser resumido em dois fatores.

1. Ausência do medo e da busca de aprovação

Quando o homem não tem medo nenhum dos julgamentos da mulheres, ou daquilo que ela vai pensar sobre ele, ele acaba não buscando a aprovação dela. E isso deixa o caminho livre pra que o romance e o erotismo fluam livremente. Ou seja, a ousadia.

Não é que o cafajeste seja ousado, é que ele não tá nem ligando pro que a mulher vai pensar. Esse comportamento que remete vagamente a rebeldia é o que dá a ele esse brilho a mais. É o que estimula as emoções femininas e cria tensão sexual.

Ele expressa o domínio sobre ela e não tá nem aí se ela aceita isso ou não. Se ela aceita ela se sente dominada, se ela não aceita ela se sente provocada. De qualquer forma é positivo. Ele expressa o que sente, sem medo do que a mulher vai achar disso. Ele expressa o desejo sexual pra que o sexo aconteça. Se ela quiser, vai acontecer, se ela não quiser, ao menos se criou um pouco de desejo nela também.

O que faz o mundo dos amantes naturais e cafajestes girar é a ausência de medo e ausência da busca de aprovação das mulheres.

2. Vê ela de igual pra igual

E o segundo fator é que o cafajeste, pelo fato de ter mulheres ou já ter tido várias, vê a mulher de igual pra igual e não como alguém intocável e sagrado.

Enquanto que o bonzinho vê aquela menina como uma princesa, que precisa ser salva com um cavalo branco.

O cafajeste vê ela como uma mulher normal, alguém que grita alto quando tá tendo um orgasmo, que gosta de sexo, que já fez muito sexo, que já mando nudes pra alguém. Isso na melhor das hipóteses. Por que na pior das hipóteses ele vê como alguém que já chupou rolas em troca de status. Uma mulher que já se interessou por algum homem por ele ter dinheiro. Uma mulher que já se pegou com outras mulheres no banheiro da balada, e depois disse que era só curiosidade.

Não, é libertinagem mesmo. É inversão de valores. Quando alguém se comporta como descartável, é tratada como descartável. E não adianta me odiar por isso, é isso que acontece no mundo real.

Ele vê a mulher como qualquer coisa, menos como alguém sagrado. Inconscientemente, o fato de ele ver a mulher dessa forma, faz com que ele não tenha pudor com ela. E algumas delas vão achar isso ótimo, outras não.

Que fique claro que você não precisa ser um cafajeste pra atrair mulheres. Você pode ter e desenvolver esses atributos sem perder a sua ética e moral.

E que fique claro também que nos atraímos pessoas que estão mais ou menos na mesma vibração que a nossa. No momento que eu me ponho em uma vida de boêmia , ou me jogo na matrix, eu me torno isso. E meu subconsciente comunica pro universo que é nessa vibração que eu estou, então as mulheres que vão surgir vão ser assim também.

Se é isso que você quer, ótimo. Mas não reclama que você não encontra mulher que preste. Estar em uma vida de boêmia e querer aproveitar ao máximo a vida de solteiro, não é certo e nem errado, mas cada ação tem uma reação.

Sobre o autor

Copini

Sou o responsável pela Alphalife, nos últimos tempos me dediquei a ajudar os homens a conquistar as mulheres e melhorarem seus relacionamentos.

comentários

Alphalife - Matheus Copini - Todos os direitos reservados 2017